99 realiza força tarefa para orientar motoristas neste Carnaval

99 realiza força tarefa para orientar motoristas neste Carnaval

99 realiza força tarefa para orientar motoristas neste Carnaval

App de mobilidade disponibiliza conteúdo online sobre assédio, tolerância e segurança

De quarta a sexta-feira (9/02), a 99 – empresa brasileira de mobilidade – promove uma rodada com dicas para orientar os motoristas do aplicativo sobre assédio, tolerância, segurança e boas práticas de atendimento no Carnaval. O conteúdo será disponibilizado na página oficial da 99 para motoristas no Facebook, @sou99app, além da Rádio  99, um podcast com cerca de 3 milhões de visualizações.

Segundo Raul Montenegro, Coordenador de Comunicação da 99, o objetivo é orientar os parceiros para tornar a experiência do usuário ainda mais segura. “O Carnaval é um das principais festas do Brasil e um período com grande número de corridas. Com as orientações, queremos aumentar a proteção de todos, promovendo um evento com mais alegria, cidadania, respeito e segurança”, afirma.

Durante o Carnaval, a 99 contará com o atendimento de sua Central de Segurança, um canal exclusivo para casos de emergência. Por meio do 0800-888-8999, passageiros e motoristas recebem auxílio imediato e informações do que fazer. O serviço atende às necessidades de cada tipo de ocorrência, com apoio emocional e psicológico. O suporte é oferecido por um time especializado em responder situações de segurança, que funciona 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Além da iniciativa, a empresa conta também com outras ferramentas que usam a tecnologia para garantir maior segurança durante a corrida. O aplicativo possui um mapeamento de zonas de risco que envolve inteligência artificial e envia notificações aos motoristas quando eles vão passar por uma delas.

A inteligência artificial da 99 também monitora o perfil dos passageiros e todas as corridas em tempo real. O sistema verifica todos os usuários e pede validações adicionais de passageiros, caso isso seja necessário, solicitando o CPF ou outros documentos, como o cartão bancário. Os condutores também passam por uma checagem do histórico e uma avaliação permanente. Outro recurso importante é a capacidade de desativar o meio de pagamento em dinheiro.

Contato para imprensa:
pr@99app.com