Dia dos Pais: “Pai tem a mesma responsabilidade que a mãe” declara viúvo

Dia dos Pais: “Pai tem a mesma responsabilidade que a mãe” declara viúvo

São Paulo, agosto de 2021 – Erivaldo Aparecido da Silva, 38 anos, dispensa o rótulo de Pai-Herói. Viúvo desde o final de 2019, ele acredita que os pais possuem a mesma responsabilidade parental que a mãe, indo contra a realidade do país. Segundo levantamento da Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC), entre janeiro e agosto do ano passado, 80.904 crianças registradas nos cartórios brasileiros contam apenas com o nome da mãe no registro. O número representa 6,31% das mais de 1,2 milhões de crianças nascidas no período. 

Erivaldo é motorista parceiro da 99 há três anos. Foto: Erivaldo Aparecido da Silva/arquivo pessoal

 

Erivaldo e Maria no aniversário de dois anos do filho caçula. Foto: Erivaldo Aparecido da Silva/arquivo pessoal

 

“A força vem dos filhos”

Conciliar a rotina do trabalho como motorista de aplicativo parceiro da 99 com a criação dos filhos não é das tarefas mais fáceis. Porém, Pedro, de 6, e Cleriston, de 15 anos, dão forças para o pai continuar. É por eles e para eles que Erivaldo vai à luta todos os dias.

“Fácil não é. Cuidar da casa, trabalhar, é complicado. Ainda mais no mundo em que vivemos. Mas, minha força são eles, né? A gente vai se virando daqui, dali e segue em frente”, diz Erivaldo.

“O pai é tão fundamental quanto a mãe. É assim que penso e enxergo. Pai tem a mesma responsabilidade que a mãe. Filho, pra mim, é muito importante. O cara que abandona o filho não é pai de verdade”, afirma.

Trabalho escolhido permite a Erivaldo ser um pai presente

A 99 lançou o Guia da Comunidade em parceria com o Instituto Ethos, para promover a empatia entre os usuários e tornar as viagens mais seguras, permitindo a Erivaldo, motorista parceiro da 99 há três anos, ser o pai presente que ele sempre foi. Em outros empregos, talvez isso não fosse possível. Uma necessidade que já fez Erivaldo recusar outras ofertas de trabalho com horários menos flexíveis.

“Ajuda muito nessa parte, além de ter uma renda. E vou ser sincero, acho que deveria ter começado antes. Já tive outras oportunidades de trabalho, mas neguei. Pra mim, tanto no lado financeiro, quanto no lado da família, ajuda bastante. Veio para ajudar muita gente, né? Não só eu, mas milhares de pessoas”, relata o motorista de aplicativo.

E quanto aos valores que busca ensinar aos filhos: “Não se achar melhor do que o outro. Respeitar as pessoas independentemente de cor, raça, orientação sexual, religião. Procuro passar isso a eles”, completa.

“Procuro estar sempre perto. Ainda mais agora que eles não têm a mãe. Com o pequeno, é bem delicado. Às vezes, ele chega e fala, ‘pai, quando a mãe vai voltar?’. Por mais que ele seja bastante apegado a mim, ele tem só 6 anos, mas já é uma criança muito inteligente. Pergunta quando vou estar de folga para brincar com ele”, conclui.

Sobre a 99

A 99 é uma empresa de tecnologia que oferece conveniência e soluções para as necessidades dos brasileiros. O aplicativo faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”) e no Brasil conecta milhões de pessoas a serviços de mobilidade, pagamentos e entregas.

Informações à imprensa

Máquina Cohn & Wolfe

E-mail: imprensa@99app.com e 99app@maquinacohnwolfe.com